Elias Gomes participa de lançamento do Programa de enfrentamento às drogas em PE

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 14 de março de 2012 as 17:40, por: cdb

A cerimônia foi realizada no Palácio do Campo das Princesas

Na manhã desta quarta-feira (14/03) Pernambuco ganhou mais um parceiro que irá contribuir para o enfrentamento ao uso de crack. É que o Governador do Estado, Eduardo Campos, assinou termo de adesão ao Programa do Governo Federal “Crack, é possível vencer”. A cerimônia foi realizada na sede do Governo Estadual e contou com a presença dos Ministros Alexandre Padilha (Saúde), José Eduardo Cardoso (Justiça) e da secretária Nacional de Direitos Humanos, Denise Colin. O prefeito de Jaboatão, Elias Gomes, também participou do evento. No total serão R$ 4 bilhões em investimentos em todo o país. Pernambuco vai receber R$ 85 milhões. As ações são distribuídas em três eixos, o da prevenção, o do tratamento e o da repressão. “Será preciso reorganizar os serviços públicos para conseguir atender à demanda gerada por esta situação de epidemia. Além disso, vamos trabalhar primeiro fazendo parceiras, segundo combinando ações de repressão, cuidado e prevenção e por último reconstruindo o projeto de vida”, explicou Alexandre Padilha, ministro da Saúde. Entre as ações que terão destaque estão as de repressão ao tráfico de drogas. “O Estado brasileiro está preparado para combater as organizações e vamos combater” disparou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso. O ministro ainda ressaltou que o foco não é prender os usuários. “Aos traficantes, cadeia, e aos usuários tratamento. Acredito que dessa forma vamos conseguir acabar com essa epidemia”, finalizou. Para Eduardo Campos, o papel dos agentes públicos é de grande importância para o programa dar certo. “É preciso quebrar as barreiras do Estado, Federação e municípios para que, sem barreiras, possamos enfrentar, não apenas essa droga, mas as licitas, como o álcool. A participação de todos os agentes sociais é de fundamental importância nesse processo”, disse. BALANÇO – Em  2011, o Ministério da Saúde repassou R$ 480 mil para o Estado. Agora, o orçamento é de R$ 74 milhões até 2014, que se destina para implantação de novos leitos especiais em hospitais e qualificação de centros de reabilitação. Em Pernambuco, a segurança pública recebe R$ 5,5 milhões, que devem ser investidos em câmeras fixas e móveis para inibir ações do narcotráfico. NOVAS PARCERIAS – O prefeito de Jaboatão, Elias Gomes, ressaltou a importância de novas parcerias para avançar ainda mais na luta contra o crack. “É de fundamental importância ter um plano nacional que garantirá mais recursos para combater as drogas. Hoje o nosso plano municipal sobre drogas funciona com recursos próprios, mas já estivemos conversando com os ministros para que essa parceria não fique apenas no Recife, mas chegue também a Jaboatão já que somos uma cidade grande, maior que algumas capitais de estados. Os ministros ficaram impressionados com o trabalho que já vem sendo desenvolvido em Jaboatão e certamente teremos em breve novas parceiras. É o que estamos buscando”, disse.