Edmundo ainda tem esperanças na seleção brasileira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de abril de 2003 as 10:08, por: cdb

Edmundo voltou com toda a corda ao Vasco. Na entrevista coletiva que concedeu na manhã desta segunda-feira, em São Januário, o atacante afirmou que vai lutar pela artilharia do Campeonato Brasileiro e, conseqüentemente, lutar por vaga na Seleção Brasileira.

“O recorde de gols na competição é meu: fiz 29, em 1997. Neste ano, vai ser bem mais fácil fazer tantos gols, porque serão 46 jogos. Há os que largaram na frente e até me arrependi de não ter jogado ontem, contra o Goiás. O Vasco marcou seis e eu teria feito um ou outro”, dispara Edmundo, que espera chamar a atenção do técnico Carlos Alberto Parreira ao conquistar a artilharia.

“Se eu bater o recorde, vou voltar à Seleção. Já trabalhei com o Parreira e o Zagallo e temos uma grande afinidade. Não sou mais um menino, mas ainda tenho o sonho de ser campeão do mundo”.

Edmundo também falou sobre a possibilidade de reeditar dupla com Romário, que está defendendo o Al-Sadd, do Catar, e deve retornar ao Brasil em maio. Os dois andaram trocando farpas nos últimos tempos e a forte amizade de outrora enfraqueceu.

“Não guardei mágoa. Sempre tive grande admiração pelo Romário e não tenho como me dar ao luxo de deixar de falar com uma pessoa que tenho como ídolo. Se tiver a oportunidade de voltar a jogar ao seu lado, a situação será bem mais tranqüila em relação às últimas vezes que isso aconteceu”, afirmou.