Duplo atentado suicida mata cerca de 90 xiitas no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de março de 2007 as 17:40, por: cdb

Cerca de 90 peregrinos xiitas foram mortos e mais de 150 ficaram feridos nesta terça-feira em um duplo atentado suicida na cidade de Hilla, na região central do Iraque, de acordo com a polícia local.

O duplo atentado foi o mais recente de uma série de ataques contra milhares de peregrinos que se dirigiam para um evento religioso na cidade de Karbala, cerca de cem quilômetros ao sul de Bagdá.

A cerimônia em Karbala marca o fim dos 40 dias de luto pelo imã Hussein, neto do profeta Maomé que foi morto, junto com sua família, no ano 681, pelo exército do califa Yazid, que governava a Arábia. O dia em que se realiza a cerimônia é uma das datas mais solenes do calendário xiita.

Na capital iraquiana, Bagdá, pelo menos sete peregrinos foram mortos e 14 ficaram feridos pela explosão de carros-bomba.

Em outro atentado, na cidade de Latifiya (cerca de 30 quilômetros ao sul de Bagdá), três peregrinos foram mortos em dois diferentes ataques a tiros.

O atentado em Hilla ocorreu no final da tarde (horário local), quando dois militantes suicidas detonaram os explosivos que carregavam em suas roupas no meio de uma numeroso grupo de peregrinos.

Há três semanas, autoridades iraquianas e americanas lançaram um plano de segurança para o país que se concentra principalmente em Bagdá. Desde então, militares americanos têm alertado que militantes poderiam mudar o foco de seus ataques para áreas fora da capital iraquiana.