Duhalde descarta possibilidade de prisão de Fidel Castro na Argentina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 24 de maio de 2003 as 11:58, por: cdb

O atual presidente da Argentina, Eduardo Duhalde, descartou a possibilidade de que o presidente cubano Fidel Castro seja alvo de uma citação judicial e detido em solo argentino, ao participar no próximo domingo da cerimônia de posse de Néstor Kirchner.

– Os presidentes estrangeiros que visitam um país não podem ser objeto de nenhuma convocação judicial – afirmou Duhalde à imprensa.

Duhalde descartou dessa maneira a possibilidade de prisão de Castro, solicitada por alguns promotores argentinos por suposta violação aos direitos humanos em Cuba.

O Chefe de Estado, em seu último dia na presidência, negou as informações segundo as quais os Estados Unidos estariam irritados com a presença de Fidel Castro e do presidente venezuelano Hugo Chávez na cerimônia de posse.

– A única coisa que falta é que ao convidarmos presidentes tenhamos que consultar outro país – afirmou, acrescentando que “Castro e Chávez compareceram a outras posses presidenciais”.