Duas pessoas morrem em chuvas do Canadá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 21 de outubro de 2003 as 01:57, por: cdb

Duas pessoas morreram e outras duas continuam desaparecidas após as chuvas torrenciais que castigaram localidades próximas a Vancouver (British Columbia, sudoeste). A informação foi confirmada na última segunda-feira pelas autoridades canadenses.

A estação de esqui de Whistler, onde acontecerão os Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, ficou incomunicável.
 
– Há dois mortos – disse o membro da Polícia Real Montada Canadense, Michelle Friesen.
Mais de 800 pessoas foram retiradas de Pemberton, Squamish e da reserva indígena de Mt. Currie, onde vigora o estado de emergência, segundo as autoridades regionais.

Duas pessoas morreram e continua a busca de outras duas que estavam em dois veículos que caíram em um rio a 15 quilômetros ao sul de Pemberton na manhã de sábado, informou Polícia Real Montada. Segundo a funcionária do programa de emergências da British Columbia, Marcelle Harapiak, vai levar alguns dias até que as pessoas possam voltar para suas casas.

Em Pemberton, a população está sofrendo com o desabastecimento de alimentos desde domingo, já que as vias de acesso à área estão fechadas ao sul, por uma ponte que desabou, e ao norte, pelas inundações.

Autoridades provinciais jogaram hoje 18 toneladas de leite e outros alimentos não perecíveis na zona de helicóptero. Além disso, transportaram uma ponte provisória para o rio Rutherford, ao norte da estação de Whistler, para substituir a que caiu no último fim de semana e deixou a região isolada.

Por enquanto, calcula-se que as perdas sejam de US$ 7,6 a US$ 15 milhões. A meteorologia anuncia mais chuvas.
 
– As previsões apontam mais chuvas para hoje (segunda), amanhã e parte da quarta-feira – disse a prefeita de Pemberton, Elinor Warner, acrescentando que seu pessoal já está trabalhando para bombear os excessos de água.