Duas pessoas morrem após tiroteio dentro de delegacia em Itatiaia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de dezembro de 2012 as 12:31, por: cdb
A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou, que o tiroteio que terminou com dois mortos e um ferido dentro da Delegacia de Itatiaia (99ª DP) teve início por causa de uma discussão no trânsito

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou nesta segunda-feira, que o tiroteio que terminou com dois mortos e um ferido dentro da Delegacia de Itatiaia (99ª DP) teve início por causa de uma discussão no trânsito. De acordo com a polícia, após colidir contra um ônibus nas proximidades da Praça Campo Alegre, Luiz Antônio disparou contra o coletivo seis vezes. Em seguida, o motorista fugiu em direção à 99ª DP (Itatiaia) para registrar o caso. O falso policial também foi para a delegacia, onde foi abordado pelo PM Deivid Fernandes da Silva Shan, que pediu sua identificação.

De acordo com informações do portal G1, como suspeito não forneceu os documentos, o PM disse que iria prendê-lo. Ele reagiu e disparou contra o rosto do agente, matando-o. O inspetor da Polícia Civil Hermes Antônio Barcelos também foi atingido. Outra policial militar, identificada como Luciana Pintado Souza, que estava no local, atirou contra Luiz Antônio, que também morreu no local.

O inspetor ferido foi encaminhado para o Hospital de Emergência Henrique Sérgio Gregori, em Resende, cidade vizinha. Ainda no domingo, ele passou por uma cirurgia no braço esquerdo por conta de uma fratura exposta causada pela bala. Por volta das 10h desta sergunda-feira, ele estava internado em observação no Centro de Terapia Intensiva (CTI) da unidade de saúde, mas respondia bem ao tratamento. Ele deve ser avaliado por um neurocirurgião.

O comandante do 37º BPM (Resende), tenente coronel Rogério Figueiredo, responsável pela área, foi para o local do incidente. A Polícia Civil investiga o caso.