Dramaturgia brasileira em foco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de abril de 2012 as 14:53, por: cdb

Autores Newton Moreno, Pedro Brício e Adriana Falcão estarão reunidos durante a 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura para o debate Drama Brasil – Novos autores em busca do público, às 14h30 do dia 21 de abril, no Auditório Nelson Rodrigues

Secretaria de Cultura

Eles têm renovado a cena teatral brasileira, injetando invenção, criatividade e humor em suas obras. Têm trabalhos interpretados por grandes estrelas dos palcos e das telinhas e telonas nacionais. Engana-se quem pensa que a dramaturgia brasileira anda mal das pernas. Não, se depender do talento dos autores Newton Moreno, Pedro Brício e Adriana Falcão.
 
Os três estarão reunidos durante a 1ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura para o debate Drama Brasil – Novos autores em busca do público, que terá mediação de Alexandre Ribondi, um dos mais conhecidos dramaturgos de Brasília.
 
O encontro dessas personalidades será às 14h30 do dia 21 de abril, no Auditório Nelson Rodrigues, do Pavilhão da Bienal. Newton Moreno é uma unanimidade nacional. O pernambucano radicado em São Paulo consegue estar em cartaz, simultaneamente, com três espetáculos e ainda participar de festivais, arrebatando prêmios. É ele o autor de sucessos como Memória da Cana, Agreste e As Centenárias. O carioca Pedro Brício (foto) é um talento em plena ascensão. Brício é conhecido do público por seu trabalho de ator, mas tem se firmado como autor e diretor, em espetáculos como A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica. Adriana Falcão é hoje uma espécie de sinônimo de bom humor. Carioca criada em Recife, Adriana é escritora e roteirista de seriados de televisão, como A Grande Família e O Auto da Compadecida, e de cinema – sucessos como Se Eu Fosse Você (1 e 2), A Mulher Invisível, Chega de Saudade, entre muitos outros.
 
O debate promete tocar em temas quentes como a falta de acesso do público aos teatros, a pouca divulgação da obra de autores nacionais e muito mais.