Dois soldados americanos morrem em Fallujah

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 8 de novembro de 2003 as 08:44, por: cdb

Dois soldados americanos foram mortos e um ficou ferido, nesse sábado, quando uma bomba foi detonada na beira de uma estrada na hora em que passava um comboio militar dos Estados Unidos.

O acidente aconteceu na cidade de Fallujah, a 50 quilômetros ao oeste de Bagdá, informou o Exército americano.

O ataque eleva pra 149 o número de soldados americanos mortos em combate no Iraque, desde que Washington declarou o fim da guerra no dia primeiro de maio.

Ainda nesse sábado, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha anunciou que vai fechar, temporariamente, seus escritórios em Bagdá e em Basra, no sul do Iraque, por causa de temores quanto à segurança de seus funcionários.

Perigo

“Ainda estamos discutindo o que faremos com os nossos funcionários estrangeiros. A situação é extremamente perigosa e imprevisível”, explicou o porta-voz da Cruz Vermelha, Florian Westphal.

A organização foi alvo de um atentado que matou 12 pessoas em Bagdá, no final de outubro.
O comunicado da Cruz Vermelha é feito no mesmo dia em que o Exército americano confirmou que o helicóptero americano que caiu no Iraque, na sexta-feira, matando todas as seis pessoas que levava a bordo, foi derrubado.

O helicóptero americano que caiu no Iraque, na sexta-feira, matando todas as seis pessoas que levava a bordo, foi derrubado, segundo anunciou, nesse sábado, um alto comandante militar americano.

“Acreditamos que o helicóptero tenha sido derrubado por artilharia de fogo terrestre”, disse, à agência de notícias da Reuters, o tenente-coronel Steve Russell, da 4ª Divisão de Infantaria, baseada em Tikrit, cidade-natal de Saddam Hussein, e onde aconteceu o acidente.