Dois cabeças-de-chave perdem na estréia no Aberto da França

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de maio de 2003 as 12:23, por: cdb

Um jogador peruano desconhecido foi o responsável pela primeira grande surpresa do Aberto da França de 2003.

Luís Horna, 22 anos, número 88 no ranking de entradas da ATP, venceu logo na estréia o suíço Roger Federer, 21 anos, número cinco do mundo, um dos favoritos para ficar com o título.

Horna venceu a partida por 3 sets a 0, com parciais de 7-6 (8-6), 6-2 e 7-6 (7-3).

Até o jogo desta segunda-feira, Luís Horna só havia feito uma partida em um torneio do Grand Slam, sendo eliminado logo na estréia do Aberto dos Estados Unidos do ano passado.

Outros resultados

“É um sonho eliminar um cabeça-de-chave”, disse Horna após a partida, sua primeira em Roland Garros.

“Acho que todos os sul-americanos têm chance de ganhar aqui.”

Outro cabeça-de-chave a perder logo na estréia foi o tailandês Paradorn Srichaphan, número 10, derrotado pelo eslovaco Dominik Hrbaty por 3 sets a 1.

Em outros jogos já finalizados no primeiro dia em Roland Garros, os cabeças-de-chave Rainer Schuettler (Alemanha, número 11), Younes El Aynaoui (Marrocos, 23), Xavier Malisse (Bélgica, 26) e Vincent Spadea (EUA, 29) passaram para a segunda fase.

Os argentinos Mariano Puerta e Mariano Zabaleta também garantiram vaga na próxima fase.

Na chave feminia, a americana Serena Williams, atual campeã e número 1 do mundo, conseguiu uma fácil vitória contra a alemã Barbara Rittner, 2 sets a 0, com parciais de 6-2 e 6-1.