Diretor da Swiss não afirma fusão com a Lufthansa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de setembro de 2004 as 05:33, por: cdb

O diretor da companhia aérea Swiss, Ulrik Svensson, afirmou que não está prevista na agenda da empresa uma fusão com a companhia aérea alemã Lufthansa.

Svensson, em declarações à imprensa suíço-alemã nesta segunda-feira, disse ter sabido pela imprensa as intenções do governo federal de colocar a Swiss à venda.

Semana passada o ministro suíço de Finanças, Hans-Rudolf Merz, afirmou que a empresa poderia ser recapitalizada com 194 milhões de euros antes de ser vendida e não descartou que a alemã Lufthansa poderia estar interessada na operação.

Além do Estado suíço, que tem uma participação de 20,4% no capital da Swiss, dois dos principais bancos do país, o UBS e o Grupo Credit Suisse, fazem parte do conjunto de acionistas, assim como a operadora telefônica Swisscom.