Diplomatas russos ficam sob fogo ao tentarem sair de Bagdá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 6 de abril de 2003 as 08:46, por: cdb

Um comboio de diplomatas russos ficou sob fogo de artilharia neste domingo, enquanto tentava deixar Bagdá, informa o governo da Rússia. Há feridos, segundo o Ministério das Relações Exteriores. O presidente Vladimir Putin foi informado do incidente.

O comboio foi atacado enquanto se dirigia para a fronteira da Síria. Autoridades russas já haviam retirado do Iraque quase todo o pessoal da Embaixada, mas uma equipe permaneceu no país até este domingo, incluindo o embaixador.

A Chancelaria russa informa que os embaixadores dos EUA e do Iraque foram convocados com urgência, e foi pedido que tomassem todas as providências para garantir a segurança dos cidadãos russos no Iraque, investigar o incidente e punir os responsáveis.

O embaixador, Vladimir Titorenko, estava no comboio.