Diplomatas franceses vai vigiar mídia americana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de maio de 2003 as 13:03, por: cdb

Diplomatas franceses nos EUA receberam instruções do governo da França para procurarem na mídia norte-americana sinais que possam indicar uma campanha de desinformação que possa prejudicar o país europeu.

País que mais alardeou sua posição oposicionista em relação a campanha militar no Iraque, a França vem sendo alvo de denúncias nos meios de comunicação americanos que insinuam, inclusive, que o país estaria mancomunado com o regime de Saddam Hussein, para cujos dirigentes teria oferecido passaportes para que pudessem se refugiar.

Autoridades francesas rebateram fortemente as acusações.

– Como parte da campanha de esclarecimento que estamos realizando nos EUA, decidimos vigiar as acusações falsas que apareceram nos meios de comunicação norte-americanos e que chocaram profundamente os franceses – declarou Marie Masdupuy, porta-voz da chancelaria.

Em Washington, a porta-voz da embaixada da França anunciou que será entregue ao congresso americano nesta quinta-feira uma carta em que o embaixador francês nos EUA protesta contra as reportagens, supostamente falsas, que vem prejudicando a imagem do país.

A França tenta refazer suas relações com os EUA, abaladas por sua ameaça de vetar, na Organização das Nações Unidas (ONU), uma resolução que autorizasse o uso da força contra o Iraque. A guerra acabou sendo lançada sem o aval da entidade mundial.

Autoridades norte-americanas disseram que o governo francês seria punido por sua postura.