Dilma diz que igualdade de oportunidades é prioridade do governo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de março de 2012 as 10:01, por: cdb

A presidente da República, Dilma Rousseff, afirmou que a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens, pobres e ricos, de diferentes raças é a principal meta de seu governo. “Igualdade de oportunidade e de condição de gênero, raça, todos os tipos, deve ser obsessão do País”, afirmou hoje, em sessão solene no Congresso Nacional.

Dilma foi uma das homenageadas com o prêmio Bertha Lutz na sessão, que ocorre no Plenário do Senado. “Sinto-me representando as mulheres”, disse a presidente, ao dedicar o prêmio a todas as brasileiras.

A presidente se disse honrada por compartilhar a premiação com mulheres que “tiveram coragem de fugir do conformismo” e que dedicaram suas vidas à luta pela igualdade de gênero e por justiça social.

Protagonismo
Em seu discurso, a presidente citou várias ações governamentais que ressaltam o protagonismo das mulheres. Segundo ela, 93% dos cartões do Bolsa Família foram emitidos em nome de mulheres e 47% dos contratos da primeira fase do Minha Casa, Minha Vida foram assinados por mulheres.

Dilma Rousseff disse que o Brasil é um dos poucos países entre as grandes economias do mundo que conseguiu reduzir as desigualdades sociais e econômicas em 2011, mesmo com a crise econômica internacional. No ano passado, disse, a pobreza no País diminuiu 7,9%.

A presidente elogiou a presença de mulheres nas Mesas Diretoras da Câmara e do Senado. “É muito importante que seja um homem e uma mulher no exercício da presidência. Homens e mulheres devem atuar juntos, como eu e o [vice-presidente da República, Michel] Temer”.

Continue acompanhando esta cobertura.

Tempo real:12:04 – Ministra defende recorte de gênero na Reforma Política11:57 – Deputada pede reforma política que inclua as mulheres11:48 – Primeiras vice-presidentes afirmam que eleição de Dilma encoraja mulheres11:34 – Presidente do Senado entrega prêmio a Dilma Rousseff11:28 – Cabe a parlamentares trabalhar para aumentar bancada feminina, diz Maia10:33 – Dilma chega ao Congresso para receber prêmio Bertha LutzReportagem – Tiago Miranda
Edição – Pierre Triboli