Dilma afirma que governo manterá metas fiscal e de inflação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de outubro de 2006 as 15:56, por: cdb

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou nesta segunda-feira que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá manter a atual meta fiscal durante seu segundo mandato e também não fará alterações na política de metas de inflação.O governo trabalha com uma meta de superávit primário equivalente a 4,25 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), economia que deve ser feita anualmente por União, Estados, municípios e empresas estatais.

Neste domingo, depois de confirmada sua vitória, Lula afirmou que manteria uma política responsável de gastos públicos.A chefe da Casa Civil disse ainda que a qualidade do ajuste fiscal deve ser aprimorada.

– Eu acredito que se aprofundarão reformas. Não é a mesma política do passado, eu acho que nós vamos ter de buscar uma maior eficácia do gasto, uma maior eficiência no ato de gastar -, comentou.

Dilma deixou claro que a política de metas para a inflação também não sofrerá alterações. No entender da ministra, a tendência é de que os índices de preços continuem em desaceleração.

– Todos os ministros entregarão o seu cargo ao presidente, e ficará à critério do presidente a forma pela qual ele vai organizar o governo -, disse.