Dida é condenado a sete meses de prisão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de abril de 2003 as 18:43, por: cdb

O goleiro Dida, do Milan, foi condenado nesta quinta-feira pela justiça italiana a sete meses de prisão. A sentença foi dada depois que a juíza Maria Luisa Savoia considerou que ficou estabelecida a utilização de passaporte português falso pelo jogador. Seu empresário, o ex-jogador Oscar Damiani, considerado cúmplice no caso, será julgado posteriormente.

Por ser reú primário Dida não cumprirá sua pena na prisão. O brasileiro se beneficiou do sursis o que permite que ele só seja preso caso pratique algum ato ilícito nos próximos cinco anos.