Dia de luta contra a discriminação racial é lembrado em Brasília

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 21 de março de 2007 as 19:07, por: cdb

O Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial será lembrado nesta quarta-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em cerimônia no Palácio do Planalto.

A data foi escolhida em memória ao massacre que ocorreu em 21 de março de 1960 na cidade de Sharperville, na África do Sul, quando durante uma manifestação pacífica contra o regime de segregação racial as forças policiais mataram 60 pessoas, inclusive crianças, e deixaram outros 186 feridos.

Em 1976, a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou o 21 de março como Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial.

O presidente lembrou também os quatro anos da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), criada em março de 2003. Na cerimônica, deverão ser assinados diversos acordos de cooperação voltados para inclusão social infanto-juvenil e de comunidades quilombolas de várias regiões do Brasil.

Um dos termos, a ser firmado entre a Seppir e a Eletrobrás, prevê o repasse de R$ 1 milhão para o programa Energia Quilombola. Outro prevê o acesso ao mercado de trabalho, por meio do projeto Adolescente Aprendiz, desenvolvido em parceria com a Caixa Econômica Federal.

Com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB), deve ser assinado um termo de cooperação para participação de uma tribo indígena e uma comunidade quilombola durante o revezamento da Tocha Pan-Americana, que vai percorrer 42 cidades brasileiras.