Descontrole da pressão é risco para diabéticos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 18 de março de 2010 as 12:06, por: cdb

Os diabéticos não devem deixar a pressão sistólica – maior número da medição da pressão sanguínea – ficar abaixo de 13 (130 mmHg) ou passar de 14 (140 mmHg).

De acordo com  pesquisadores da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, o descontrole da pressão, seja alta ou baixa demais, pode ser fatal, aumentando significativamente os riscos de infarto, derrame e morte nos pacientes com diabetes.

A pressão sistólica acima de 14 tem sido associada com um aumento de 50% no risco cardiovascular em pacientes cardíacos com diabetes, por isso, muitas vezes, o objetivo do tratamento tem sido reduzir a pressão aos níveis definidos pela Associação Americana do Coração como normais – 12 por oito.

Os pesquisadores acreditam que os níveis “normais” podem não ser o melhor, e defendem que manter a pressão sistólica entre 13 e 14 é mais benéfico para pacientes cardíacos e diabéticos.