Derrota para o Vasco abre nova crise no Flamengo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de outubro de 2001 as 16:35, por: cdb

Para Edmundo dos Santos Silva, presidente do Flamento, um time que tem três jogadores na seleção (Juan, Vampeta e Edílson) e que ainda conta com jogadores como Júlio César, Beto e Petkovic, não pode estar perto da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

O cargo do técnico Zagallo, de acordo com o presidente do Flamengo, não está em perigo, pois ele está no plano do projeto Tóquio e ficará até final do mandato de Edmundo. Ao contrário do que aconteceu com o treinador Paulo César Carpegianni, quando foi goleado por 5 a 1 pelo Vasco na decisão da Taça Guanabara do ano passado.

Mas a vida de Zagallo não vai ficar fácil na Gávea, o presidente do Flamengo quer que o time treine em tempo integral, o que o Zagallo já disse não concordar, pois existem jogos no meio e nos fins de semana. O presidente do Flamengo não quer nem saber se o Zagallo gostou ou não da ordem, quer intensificar o trabalho e disse que a derrota deve servir de estímulo para dar a volta por cima.