Denarc bate recorde na apreensão de crack no primeiro bimestre do ano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 5 de março de 2010 as 10:45, por: cdb

A Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) apreendeu uma quantidade considerada recorde de crack no primeiro bimestre de 2010. Em todo o Paraná foram apreendidos cerca de 84 quilos da droga, apreensão considerada recorde no comparativo da média de apreensões mensais dos últimos dois anos, que foi de cerca de 14 quilos por mês.

– A Denarc possui Núcleos de Repressão ao Tráfico de Drogas em sete regiões do estado e trabalha diariamente na apreensão de drogas e armas e na prisão de traficantes. O aumento na apreensão de crack mostra a agilidade da polícia no combate a essa droga que costuma estar relacionada com a ocorrência de diversos crimes – disse o delegado do núcleo de Curitiba da Denarc, Renato Bastos Figueiroa.

Além do crack foram apreendidos 52 quilos maconha, aproximadamente 16,6 quilos de cocaína e 166 quilos de outras drogas como lidocaína – substância usada para preparar a cocaína – e agrotóxicos, no primeiro bimestre do ano. No total foram 300 quilos de entorpecentes apreendidos em 2010. Também neste primeiro bimestre a Denarc prendeu 83 pessoas, apreendeu 21 veículos e 11 armas. Em valores as apreensões do estado contabilizam R$ 125.138, 70.

A apreensão de 19 quilos de crack em Cascavel, que estava dentro do tanque de combustível de um Vectra foi uma das últimas grandes apreensões da droga neste ano. Segundo a polícia, a quantidade de droga apreendida poderia ser transformada em cerca de 80 mil pedras de crack, que seriam vendidas por quase R$ 1 milhão pelos traficantes.