Demissão em massa nos EUA ainda não alterou previsão de consumo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de setembro de 2001 as 15:44, por: cdb

Divulgada na manhã desta sexta-feira, a pesquisa feita pela NFO WorldGroup para a Conference Board ouviu 750 pessoas. Dos entrevistados, 88,6% afirmaram que não tinham planos de adiar gastos mais volumosos após os fatos da semana passada e 89,5% declararam que não pretendem protelar outras compras. O diretor do Centro de Pesquisas do Consumidor da Conference Board, Lynn Franco, informou que esses números devem mudar com a efetivação das amplas demissões que podem ocorrer na economia.

A pesquisa mostrou ainda que 30,1% informaram que planejam adiar ou cancelar viagens aéreas em conseqüências dos ataques da semana passada. Os gastos com consumo representam dois terços da atividade econômica dos EUA. Sobre investimentos, 20,5% dos entrevistados declararam que pretendem adiar seus investimentos. “A atual volatilidade dos mercados financeiros sugere que esse número não deve diminuir logo”, disse Franco.