Deficiente físico disputará Ironman

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de maio de 2003 as 23:20, por: cdb

Se enfrentar as distâncias de uma prova de Ironman – 3,8 km de natação, 180 km de bicicleta e mais 42,1 km de corrida – já é difícil para qualquer atleta, o desafio torna-se ainda maior para um portador de deficiência física. Esta será a primeira participação de Eliziário dos Santos, de 41 anos, paraplégico, na prova mais difícil de triathlon do país, que acontece no dia 24 de maio, em Florianópolis, Santa Catarina. A disputa é a única seletiva da América Latina para o Mundial Ironman do Havaí, em outubro.

Eliziário gerenciava uma loja de artigos esportivos quando essa foi
assaltada e ele acabou atingido por um tiro nas costas, ocasionando uma lesão medular e a perda dos movimentos das pernas. Depois do acidente, que aconteceu em 1995, ele foi aposentado e, para não ficar em casa sem fazer nada, começou a fazer caminhada com a cadeira de rodas.

– Comecei com a caminhada e logo parti para o atletismo adaptado. Antes do acidente, participei de corridas de rua, maratonas e provas de 100 km de corrida – diz.

Em 1997, o atleta já praticava atletismo adaptado e no ano seguinte decidiu aprender a nadar. A partir de então, também começou a participar de travessias. No ano passado, depois que conseguiu uma bicicleta adaptada, Eliziário partiu para as provas de triathlo.

Em 2003, ele já participou das provas como Triathlon Internacional de Santos, primeira etapa do Troféu Brasil de Triathlon, Triatlhon de Caiobá, duas travessias em Santos, duas corridas de rua e mais um Biathlon.

Como todo triatleta, Eliziário sonha em ir para o Havaí participar do Mundial de Ironman.

– Gostaria muito de completar a prova dentro das 7 horas limite, para ter chances de conseguir uma vaga para o Havaí. Mas o principal objetivo é me destacar e incentivar outros cadeirantes a participar das provas de triatlo – diz o atleta.

No dia da prova, Eliziário, único cadeirante inscrito, largará junto com os atletas amadores, inscritos por faixa etária.