Deco volta a exibir futebol de alto nivel no Flu

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 3 de junho de 2011 as 12:35, por: cdb
O time do Fluminense está confiante para o duelo com o Cruzeiro neste sábado

O Campeonato Brasileiro está apenas começando. Em duas rodadas, muitas opiniões e críticas surgiram e desapareceram com a mesma velocidade de um chute forte. Mas, em um ponto, todos concordam: Deco é o melhor jogador do Fluminense, até agora, na competição. A regularidade demonstrada contra São Paulo e Atlético-GO animou a Torcida Tricolor e aumentou a confiança para os próximos confrontos.

Leomir, auxiliar de Abel Braga, também elogiou o desempenho de Deco, mas, ciente da qualidade dos atletas que formam a linha ofensiva, conversou com o time sobre a necessidade de intensificar as jogadas de ataque.

– Leomir falou do coletivo, não do individual. Disse que a equipe defendeu bem, mas precisa trabalhar pra criar mais chances de gol. Também acho isso. Temos que melhorar o posicionamento pra estar no lugar certo e receber as melhores bolas –, afirmou Deco.

O meia luso-brasileiro ressaltou que, com a subida de produção coletiva, a qualidade individual acaba aparecendo mais. Para ele, “se o time estiver bem, a tendência é que tudo vá bem”. Deco fez questão de dizer que está feliz por iniciar uma sequência de jogos, sem ter problema nenhum.

– Assim (com a sequência), vou jogar bem. É natural. Repito que vou jogar futebol enquanto eu estiver “a fim”. No dia em que não tiver mais capacidade, vou analisar e ver o que farei. No início da trajetória, aqui no Fluminense, algumas lesões me atrapalharam e me deixaram triste porque eu quero jogar sempre. Agora, me sinto, clinicamente, bem e com muita vontade. Isso é o mais importante –, destacou o craque.

Confiante para o duelo com o Cruzeiro, às 18h30 deste sábado, no Engenhão, Deco disse que o Fluzão conta com força dos torcedores. Trabalhando pela vitória, ele sabe que a “relação time-torcida depende dos resultados e do empenho em campo”.

– Desde que cheguei aqui sou muito bem tratado pela torcida. Fui contestado em um ou dois jogos, o que é normal, mas sempre recebi o carinho dos torcedores. Não posso estar fora e esperar que a torcida me aplauda. Tenho que ajudar o time e sei que posso fazer isso. Foi assim por onde passei e aqui não será diferente –, concluiu.

E os Guerreiros seguem em ritmo de treino forte. Para o lateral-direito Mariano, a preocupação com o Cruzeiro deve ser redobrada, pois do lado de lá tem Cuca, segundo o jogador, profundo conhecedor do time Tricolor:

-0 Temos que ter atenção com o time do Cruzeiro em um todo. Não só pelos jogadores que tem, mas também pelo Cuca, que conhece nosso elenco e conhece muito bem o nosso time. Mas estamos preparados para enfrentar o Cruzeiro. E acredito em um bom jogo no sábado – analisou.

E por falar em Cuca, o lateral-direito não escondeu sua eterna gratidão com o treinador. E afirmou que irá mais uma vez cumprimentá-lo e agradecer por tudo que lhe fez:

-– Ele foi o grande responsável pela mudança na minha carreira. Quando cheguei aqui no Fluminense, não estava sendo utilizado e também não vinha jogando bem. Depois da chegada do Cuca, tudo mudou. Ele me deu bastante força, me colocou para jogar, me deu moral e acreditou no meu futebol. Depois disso, fui o melhor da minha posição, fui convocado para a Seleção Brasileira e acabei conquistando o título brasileiro – comentou.