Declarado estado de emergência na Crimeia após explosão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 22 de novembro de 2015 as 11:37, por: cdb

Por Redação, com Reuters – de Moscou:

Após explosão de torres de alta tensão interrompendo o fornecimento de energia transmitida da Ucrânia e deixando quase 2 milhões de pessoas sem luz, um estado de emergência foi declarado na Crimeia, informou a imprensa e o governo da Rússia neste domingo.

O ministério informou ter sido declarado estado de emergência na Crimeia
O ministério informou ter sido declarado estado de emergência na Crimeia

O Ministério de Energia russo não detalhou a causa da interrupção do fornecimento, mas a mídia russa noticiou que duas torres de alta tensão na região ucraniana de Kherson, ao norte da Crimeia, foram explodidas por nacionalistas ucranianos.

Caso tenha sido feitos por nacionalistas ucranianos que se opuseram à anexação da Crimeia pela Ucrânia no ano passado, o ataque deve agravar a tensão entre Rússia e Ucrânia.

O ministério da Energia russo informou em comunicado que duas linhas de força que transmitiam energia da Ucrânia para a Crimeia foram afetadas, razão pela qual 1,896 milhão de pessoas ficaram sem luz.

O ministério informou ter sido declarado estado de emergência na Crimeia, acrescentando que fontes emergenciais de fornecimento de energia foram acionadas para necessidades críticas e que 13 geradores a gás estão prontos para serem ligados.

Ilya Kiva, um oficial graduado da polícia ucraniana que se encontrava no local do incidente, também disse em sua página no Facebook que as torres de alta tensão haviam sido explodidas.