Declarações do Pedro Cardoso caracterizam mais novo caso de ingratidão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de junho de 2016 as 09:36, por: cdb

Dizer na Jovem Pan que “a TV Globo teve o mais absoluto desprezo pelo meu trabalho”, foi, no mínimo, cuspir no prato onde comeu. Ou de alguém com sérios problemas de memória

 

Por Flávio Ricco – do Rio de Janeiro:

 

Com todo respeito que o Pedro Cardoso merece como ator, realmente um profissional com grandes sucessos no teatro, cinema e televisão, entendo como descabido e completamente fora de propósito o seu destemperado ataque a TV Globo.

Caso típico de alguém que perdeu excelente ocasião de ficar quieto.

Pedro Cardoso tem criticado a Globo publicamente
Pedro Cardoso tem criticado a Globo publicamente

Dizer na Jovem Pan que “a TV Globo teve o mais absoluto desprezo pelo meu trabalho”, foi, no mínimo, cuspir no prato onde comeu. Ou de alguém com sérios problemas de memória. De duas, uma.

O que se tem como informação, dado oficial e incontestável, é que durante 13 anos consecutivos, pelo menos, o sr. Pedro Cardoso foi funcionário daquela emissora, recebendo merecidamente pelos bons serviços prestados em “A Grande Família”. Aliás, até esquemas especiais de gravações eram montados para não ocupar muito o seu elenco e oferecer mais tempo para outras atividades.

O fato de novos projetos não serem aprovados faz parte do jogo. Esse negócio de sair de um lugar e atirar pedra no dia seguinte suja a ficha de qualquer um. E se a Globo resolver aprovar os projetos que recebe de todos, vai ter que montar outra Globo. Numa só não vai caber.

Então é o seguinte:

Diferentemente do que aqui foi publicado, os números da GfK, em vez de hoje, serão conhecidos a partir da próxima sexta-feira, dia 1º.

Está tudo acertado para isso. Na quinta, inclusive, o diretor geral da empresa, Flávio Ferrari, fará uma apresentação dos serviços.

Força da “Praça” – 1

"A Praça É Nossa" tem obtido bons índices
“A Praça É Nossa” tem obtido bons índices

A Praça, do Carlos Alberto de Nóbrega, é um caso para ser melhor estudado.

Na toadinha dele, sem se alterar demais, o programa é um dos recordistas de audiência do SBT. Os números demonstram isso.

Força da “Praça” – 2

Na quinta que passou, na sua última exibição, a Praça levou o SBT à liderança entre todas as emissoras.

Das 23h53, já em seu final, até quatro da manhã, foi primeiro lugar, com o The Noite, Jornal do SBT, Okay Pessoal e Dois Homens e Meio.

Está fora

Daniele Suzuki não vai fazer a novela do Walther Negrão, Sol Nascente, prevista para estrear em 29 de agosto. A atriz será transferida para um outro projeto.

Para as duas personagens, inicialmente planejadas para ela, foram escaladas Carol Nakamura e Jacqueline Sato.

Só com famosos

Gugu Liberato armou com a Record a participação dos seus contratados mais ilustres no Sentindo na Pele, quadro que ele fez com sucesso ainda nos tempos de SBT.

O primeiro que vai sentir é o Renato Lombardi, nosso querido Lombi.

Assim, assim

“A princípio, foi só uma participação especial mesmo”, diz a Globo sobre a presença de Miguel Falabella na bancada do Vídeo Show.

O fato é que a participação de Falabella por ali não “causou” tanto quanto a de Susana Vieira, por exemplo.

Tá plantado

De qualquer forma, a passagem do Falabella mostrou que este pode ser um caminho dos mais interessantes.

A proposta de sempre contar com novidades na bancada, como participação especial. Tem tudo para ser repetida outras vezes. O telespectador será surpreendido.

Experiência

A Record gravou no Rio uma chamada do Cidade Alerta local, com o apresentador Wagner Montes, participativo, colaborando com a produção e montagem do programa.

É uma experiência que poderá se estender para outras praças.

Merchan do bem

Helena Ranaldi falará sobre violência no "TV Mulher"
Helena Ranaldi falará sobre violência no “TV Mulher”

No TV Mulher desta terça-feira, às 22h30, no Viva, que vai discutir a violência, Theodoro Cochrane recebe Helena Ranaldi.

Ela vai falar sobre uma das personagens mais marcantes de sua carreira, a Raquel Mulheres Apaixonadas, espancada com uma raquete pelo marido Marcos (Dan Stulbach).

– Na época da exibição da novela, tivemos uma mudança muito grande no número de mulheres que começaram a denunciar os seus maridos… Foi um merchandising social com resultado muito bom – destaca a atriz.

Jô de volta

Depois de alguns dias afastado dos estúdios, Jô Soares volta a gravar nesta terça-feira na Globo-São Paulo.

Agora, só para em dezembro, no adeus do programa.

50 anos de Tyson

De hoje até quinta-feira, na faixa das 23h, a ESPN terá uma programação em homenagem aos 50 anos de Mike Tyson, exibindo documentários e reprises de oito lutas históricas.

Também na quinta, dia do aniversário do ex-pugilista, entrará um especial, às 22h15, sobre sua carreira, com apresentação de Cledi Oliveira, Eduardo Ohata e do ex-boxeador Servílio de Oliveira.

Bate – Rebate

• Programações da Globo e Band estarão modificadas nesta segunda-feira por causa do futebol da Eurocopa.
• Neste último final de semana, a Band recebeu inscrições do X Factor em Belém e Salvador…
• … O trabalho vai continuar em outras importantes capitais…
• … Aliás, sempre convém avisar: as inscrições são permitidas somente para maiores de 16 anos.
• Em sua passagem por São Paulo, para gravar o Roda Viva da Cultura na quinta-feira, Aguinaldo Silva também fez um social…
• … Um jantar com a amiga Marília Gabriela constou da sua programação.
• A Anitta vai indo com o Música Boa Ao Vivo no Multishow. A direção da emissora está bem satisfeita com os resultados.
• Ana Hickmann, de volta de Angola, reassume seu posto no Hoje em Dia desta segunda-feira…
• … Ticiane Pinheiro, que também estava em viagem fora do país, só retornará ao mesmo programa nesta terça-feira.
• E se elas voltam, o Datena vai. Na quinta-feira ele entra em férias de 10 dias na Band.

C´est fini

A radionovela de Êta Mundo Bom! vai ganhar mais destaque nos seus próximos capítulos.

Isso porque o autor Walcyr Carrasco decidiu inserir o personagem Candinho, Sérgio Guizé, também neste núcleo radiofônico.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Colaborou José Carlos Nery