Das areias para os gramados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de outubro de 2012 as 13:32, por: cdb

Amaral atuou bem nas últimas partidas O jovem Amaral, de 24 anos, morador de Rio das Ostras, trocou a calmaria, o descanso e as belas praias do município da Região dos Lagos pela dura rotina para se firmar como jogador de futebol no Rio de Janeiro.

Com as constantes convocações de Cáceres para a seleção chilena e lesões de jogadores do elenco rubro-negro, aos poucos Amaral vem ganhando seu espaço e a confiança do treinador Dorival Júnior.

Com personalidade, o volante sabe que uma das matérias-primas da camisa do Flamengo é a pressão, mas garante que está preparado para possíveis cobranças.

“Eu já vim para cá sabendo que o Flamengo tem muita pressão, assim como todo time grande. Mas eu gosto de viver nessa panela de pressão”, afirmou o atleta, tímido e de poucas palavras.

Perguntado sobre a recente titularidade conquistada nas últimas partidas, Amaral faz uso da humildade e prefere dividir os méritos e exaltar as qualidades coletivas do elenco.

“O grupo é muito forte e eu não me considero como titular, mas o grupo todo. O professor Dorival está fazendo um trabalho muito bom. Estou com os pés no chão e sei onde estou e aonde quero chegar”, ressaltou o camisa 40, que pensou em abandonar o futebol em momentos da carreira e chegou a ficar ausente dos gramados por um ano.

“Trabalhei como servente de obras com meu tio para ajudar mais em casa, mas graças a Deus com o apoio dos amigos, dos colegas, voltei a jogar. Estou me acostumando mais com a torcida e isso é muito bom para o jogador. Estou muito feliz e espero poder dar mais alegrias à torcida do Flamengo”, finalizou Amaral, que espera diante do Atlético Mineiro, na próxima quarta-feira (31.10), em Belo Horizonte, ter mais uma oportunidade de estar em campo para mostrar seu futebol.