Daiane diz querer ser campeã olímpica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 2 de dezembro de 2003 as 14:51, por: cdb

A ginasta Daiane dos Santos, de 20 anos, chegou nesta terça-feira ao Brasil, procedente de Stuttgart, na Alemanha, onde conquistou, no último fim de semana, a medalha de ouro na prova de solo da Copa do Mundo de Ginástica Olímpica. Em entrevista, na sede do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), no centro do Rio, Daiane recusou o título de “estrela maior” da ginástica brasileira, afirmando que todas as atletas da modalidade são estrelas e, assim, querem ser lembradas pelo Brasil.

Daiane revelou que o novo elemento estendido, exercício apresentado em Suttgart, estava sendo preparado para as Olimpíadas de Atenas, mas com a aprovação de seu técnico, o ucraniano Oleg Ostapenko, foi mostrado na Copa e acabou impressionando juízes, atletas e os jornalistas que cobriram o evento. A atuação credenciou Daiane a conquistar uma medalha olímpica em Atenas.

“Quero ser campeã olímpica e melhorar o ranking da ginástica do Brasil”, disse Daiane, admitindo que o que pode atrapalhar seu objetivo é uma falha na hora da apresentação. “Não posso dar certeza, mas sei que vou trabalhar muito”, afirmou. Segundo Daiane, o Brasil agora está mais respeitado nas competições internacionais de ginástica olímpica.

Gaúcha de Porto Alegre, Daiane revelou ser amiga de um astro do esporte de seu estado, o jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho. Daniele Hipólito, outro grande nome da ginástica olímpica brasileira, não participou da Copa da Alemanha, porque estava machucada, mas estará presente na competição internacional feminina que acontecerá no Rio, de 1º a 4 de abril, no Riocentro , em Jacarepaguá, reunindo as melhores ginastas do mundo.