Custo da construção civil em agosto sobe 1,07%

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de setembro de 2004 as 10:35, por: cdb

O custo da construção civil em agosto aumentou 1,07%, contra 0,94% em julho, pressionado pelo avanço de 0,82% da parcela dos materiais. Já a mão-de-obra ficou praticamente estável, oscilando 0,03% em relação a julho.

Os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que o custo da construção subiu mais nas regiões Sudeste (1,19%) e Nordeste (1,17%). Entre os Estados, Pernambuco ficou com o maior índice (1,63%), seguido do Rio Grande do Sul (1,38%), Minas Gerais (1,37%), Paraíba (1,33%), Bahia (1,25%) e São Paulo (1,20%). Roraima registrou o menor índice (0,15%), de julho para agosto.

No ano, o Índice Nacional da Construção Civil acumula alta de 7,07% e nos últimos 12 meses de 9,76%. No entanto, ambos os indicadores foram inferiores aos registrados em iguais períodos de 2003 (11,51% e 19,37%, respectivamente). O custo nacional por metro quadrado passou para R$ 489,92. Destes, R$ 283,90 foram relativos aos materiais e R$ 206,02 à mão-de-obra.

O índice é calculado mensalmente pelo IBGE em convênio com a Caixa Econômica Federal e desde o ano passado é usado pela instituição para o cálculo dos custos na avaliação de projetos e pelo Tribunal de Contas da União (TCU), para auditorias em obras públicas.