Cubanos chegam aos EUA a nado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de maio de 2003 as 00:13, por: cdb

Três cubanos pisaram na costa de Key Largo, na península da Flórida, nesta terça-feira, depois de nadar quase três quilômetros, durante duas horas e meia, após o naufrágio da pequena embarcação de madeira na qual viajavam.

Os três homens recusaram-se a subir em um barco da Guarda Costeira dos Estados Unidos, com medo de serem levados de volta a Cuba, e chegaram a devolver as bóias salva-vidas que os guardas lhes lançaram.

Mas, pouco depois, voltaram a aceitar as bóias e continuaram nadando.

Um quarto cubano, no entanto, rendeu-se às autoridades norte-americanas no barco da Guarda Costeira.

Uma porta-voz da Guarda Costeira disse que os agentes norte-americanos tentaram resgatar os cubanos, dois dos quais utilizavam uma pequena prancha cada.

Uma vez em terra, os homens podem se beneficiar de uma lei dos Estados Unidos que concede residência legal aos cubanos que chegam ao país. Porém, os que são capturados pela Guarda Costeira no mar são devolvidos a Cuba.

As emissoras de televisão locais mostraram a saga dos três cubanos, que chegaram a se apoiar em uma corda do barco da Guarda Costeira por alguns momentos.

Quando voltaram a nadar, barcos da Guarda Costeira os acompanhavam de perto até que a água ficou muito rasa para as embarcações e os cubanos puderam chegar sem problemas à margem, onde levantaram os braços, em sinal de comemoração pela façanha.