‘CUBA É TERRA FÉRTIL PARA CATOLICISMO’, DIZ ARCEBISPO

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 10:13, por: cdb

MIAMI, 29 FEV (ANSA) – O arcebispo de Miami, Thomas Wenski, afirmou que o papa Bento XVI vai poder “testemunhar” como Cuba “continua sendo terra fértil para o catolicismo” durante a viagem que o Pontífice fará ao país, em março.
   
“[Ele] vai ser testemunha de que Cuba, apesar de 50 anos de comunismo, continua sendo terra fértil para o catolicismo”, disse Wenski, em entrevista à ANSA.
   
Segundo ele, “o povo de Cuba, que enfrenta necessidades econômicas e um insustentável modelo político, precisa de esperança”.
   
Bento XVI vai visitar a ilha entre os dias 26 e 28 de março, de acordo com um cronograma divulgado pelo Vaticano. Ele será o segundo Papa a pisar em Cuba, já que João Paulo II esteve no país em 1998.
   
Durante a visita do Papa, o cardeal Thomas Wenski deve celebrar uma missa na Catedral de Havana, além de liderar uma peregrinação do sul da Flórida a Cuba. (ANSA)