CUBA DIZ QUE EUA DERAM VETO ‘IMPERIAL’ EM CÚPULA DAS AMÉRICAS

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de abril de 2012 as 08:17, por: cdb

HAVANA, 18 ABR (ANSA) – O governo de Cuba divulgou uma nota oficial em que acusa os Estados Unidos de terem dado um veto “imperial” à inclusão de Cuba nas próximas Cúpulas das Américas.
   
A declaração, divulgada hoje pela imprensa local, atesta que “na Colômbia, em Cartagena das Índias, ficou demonstrado que há um abismo crescente entre ‘Nossa América’ martiana [em referência ao intelectual e nacionalista cubano José Martí] e ‘o Norte revolto e brutal que nos deprecia'”.
   
O governo qualificou de “impressionante” a “sólida postura unitária” dos países da América Latina contra o bloqueio econômico imposto por Washington e também sobre sua postura contra o debate sobre a soberania das Ilhas Malvinas.
   
Na nota, Havana ainda censurou a postura da Organização dos Estados Americanos (OEA), da qual o país está excluído desde 1962, e chamou a organização de “cadáver insepulto”.
   
Apesar da Cúpula não ter acabado com uma declaração final por causa do entrave nesses temas, o governo cubano avaliou como “nova” a situação em que os governos manifestaram que “se assegure a diversidade cultural e não a imposição de valores e estilos de vida alheios a nossos povos” e “que se consolide a paz e se rechacem as guerras e a militarização”.
   
O país ainda chamou os Estados latino-americanos e caribenhos a “resolver os graves problemas de extrema desigualdade na distribuição de riqueza”. (ANSA)