Cruzeiro vence e mantém seis pontos de vantagem sobre o vice-líder

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 25 de outubro de 2003 as 21:32, por: cdb

Depois de amargar duas derrotas consecutivas, contra o Juventude e o Internacional, o Cruzeiro conseguiu conquistar a vitória sobre o Figueirense, neste sábado, no Mineirão, pela 39a rodada do Brasileiro. Mesmo com muita dificuldade para furar a retranca dos catarinenses, a Raposa conseguiu o placar de 1×0.

Com esta conquista o Cruzeiro soma 79 pontos e mantém a vantagem de seis pontos sobre o vice-líder Santos, que goleou o Coritiba em 4×0, no mesmo dia, no Couto Pereira. Já o Figueirense permanece em 15o, com 49 pontos.

A Raposa estava determinada a vencer o jogo e se reabilitar no Brasileiro. Por isso, iniciou a partida fazendo forte pressão no Figueirense e dominando boa parte do primeiro tempo. Apesar da boa marcação dos catarinenses, que estavam limitados a defender e aproveitar alguns poucos contra-ataques, os jogadores celestes conseguiam criar boas jogadas, chegando facilmente ao gol de Edson Bastos.

O Figueira começou a jogar mais adiantado a partir dos 25 minutos de jogo. Mesmo conseguindo partir mais para o ataque, manteve a forte retranca. Sem possibilidades de avançar pelo meio-campo, o Cruzeiro passou a aproveitar as jogadas pelas laterais. Porém, nenhuma chance real de gol para as duas equipes.

O primeiro e único gol da partida só saiu aos 18 minutos do segundo tempo para o Cruzeiro, que conseguiu furar o bloqueio catarinense. Da esquerda, o meia Wendell, que entrou no lugar de Marcinho para dar mais velocidade à equipe, cruzou da esquerda e Mota, livre para o gol, cabeceou para o fundo da rede.

O Cruzeiro, confiante com a vantagem no placar, avançou mais em campo deixando o Figueirese todo recuado. Mas a sorte não ajudou a Raposa, que viu duas boas chances de gol serem barradas pela trave.

O Figueira não desanimou e, nos minutos finais, buscou a todo instante o gol de empate deixando, pela primeira vez, o Cruzeiro mais fechado para segurar o placar de 1×0.

CRUZEIRO 1 x 0 FIGUEIRENSE

Cruzeiro
Gomes; Cris, Thiago, Maurinho e Leandro; Maldonado, Marcinho (Wendell), Felipe Melo (Zinho) e Alex; Aristizábal (Márcio Nobre) e Mota
Técnico:Vanderlei Luxemburgo

Figueirense
Edson Bastos, Paulo Sérgio, Márcio Goiano, Cléber e Triguinho; Luciano Sorriso, Carlos Alberto, Willian (Geovânio), Bilú e Fernandinho (Danilo); Sandro Gaúcho (Edmilson).
TécnicoDorival Junior

Data: 25/10/2003 (sábado)
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Público: 22.472 pagantes
Árbitro: Jorge Fernando Rabelo (RJ)
Assistentes: Manoel do Couto Ferreira Pires (RJ) e Marco Venício Barros Sá Freire (RJ)
Cartões amarelos: Triguinho, Paulo Sérgio (F), Wendell (C)
Gols: Mota aos 18 min do segundo tempo.