Cruzeiro arranca empate no final

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 26 de abril de 2003 as 20:20, por: cdb

O Cruzeiro teve muitas dificuldades para manter a invencibilidade no Campeonato Brasileiro 2003. Jogando na cidade de Campinas, o clube mineiro ficou no empate contra o Guarani por 1 x 1. O gol que definiu o marcador saiu apenas aos 41 min do segundo tempo, em pênalti convertido pelo atacante Deivid.

Apesar do empate fora de casa, o Cruzeiro perdeu a liderança do Brasileirão para o Internacional, que venceu neste sábado o Vitória fora de casa. Agora, o time mineiro pensa na próxima rodada da competição, no próximo sábado, quando enfrenta em casa o Atlético-PR. Já o Guarani vai até a Serra Gaúcha para enfrentar o perigoso Juventude.

Apesar de ocupar a primeira posição da competição antes desta rodada, o Cruzeiro não teve boa vida em Campinas. Bem armado, o Guarani trouxe dificuldades ao adversário desde o início. Nos 45 minutos iniciais, a partida não apresentou grandes chances de gols. O time de Campinas chegou duas vezes com perigo, atráves de chutes do meio-campista Marquinhos e o atacante Creedence. Já os mineiros só assustaram em uma falta cobrada pelo meia Alex.

Mas no segundo tempo, as equipes apresentaram um futebol melhor. Com apenas 6 min, o Guarani acertou a trave em uma cobrança de falta do zagueiro Paulão. O Cruzeiro deu o troco quatro minutos depois. Deivid perdeu uma chance incrível, após um vacilo da zaga adversária.

Finalmente aos 21 min, o ataque do Bugre desencantou. Rinaldo aproveitou uma falha dos defensores do Cruzeiro e serviu a bola para o atacante Wagner balançar as redes. Em desvantagem, o técnico Vanderlei Luxemburgo colocou seu time no ataque nos minutos finais. A tática deu certo e, aos 41 min, veio o empate, em pênalti sofrido por Martinez. Devid cobrou com tranqüilidade e definiu o marcador.