Cristóvão Buarque: sem reforma a Previdência quebra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de abril de 2003 as 13:12, por: cdb

O ministro da Educação, Cristóvam Buarque, afirmou que se as reformas estruturais não forem feitas agora, a Previdência vai quebrar dentro de 5, 10 ou 15 anos. Cristóvam lembrou que em qualquer lugar do mundo, um cidadão quando se aposenta recebe um salário diferente do integral.

– Aqui, diferentemente de todos os lugares, criou-se uma idéia de que salário de aposentado é igual ao do trabalhador. Assim não vai dar para pagar. Ou se desconta agora, ou se quebra daqui a alguns anos – afirmou o ministro.