Cristovam Buarque defende o aumento do número de vagas nas universidades

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 2 de dezembro de 2003 as 12:18, por: cdb

Em sessão na Comissão de Educação do Senado, o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) perguntou ao ministro da Educação, Cristovam Buarque, se, além da preocupação com a qualidade, que se revela no “Novo Provão”, há uma preocupação do governo com a expansão dos investimentos no que toca à quantidade de instituições.

A respeito do aumento do número de cursos universitários, ele disse que o que é preciso é avaliar a qualidade desses cursos. “Não impedir que surjam cursos, mas ser mais rigorosos”.

Na semana passada, registrou, o ministério fechou seis cursos de uma instituição “que ainda teve a petulância de botar o nome de Paulo Freire na faculdade”.

O ministro defendeu o aumento do número de vagas em universidades públicas e em universidades particulares que prestam um serviço público e devem ser apoiadas pelo poder público. Defendeu também o número de cursos a distância. Já em resposta ao senador João Capiberibe (PSB-AP), Cristovam manifestou-se a favor da autonomia das universidades.