Criminosos seqüestram menina de 3 anos em Salvador

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de novembro de 2003 as 04:27, por: cdb

A menina Yasmim Maria Faria de Souza, 3 anos, foi seqüestrada na última quarta-feira, pela manhã, por dois homens e uma mulher no Engenho Velho da Federação, em Salvador. Os criminosos estavam em um carro preto com vidros escuros. Ela foi raptada quando brincava em frente à sua casa.

O crime foi testemunhado pela avó da criança, Maria José Nascimento Silva, 82, e um primo adolescente que nada puderam fazer para evitar. A anciã ficou em estado de choque e precisou ser internada no Hospital Geral do Estado (HGE).

O seqüestro ocorreu por volta das 10h30, quando a mãe de Yasmim, a doceira Katiana Farias, 32, estava trabalhando e deixou a filha aos cuidados da avó. Os bandidos vestiam roupas pretas, usavam óculos escuros e a mulher tinha cabelos loiros. A placa e o modelo do veículo não foram descritos pelas testemunhas.
 
Na quinta, pela manhã, Katiana compareceu na sede do Departamento de Polícia Interestadual (Polinter) e prestou queixa do desaparecimento da filha.

Conforme a doceira, Yasmim é fruto de um relacionamento com o publicitário Ermando José de Souza, que reside em Fortaleza há mais de 20 anos, onde trabalha numa revista.
 
– Ele viaja muito e numa passagem por Salvador nós nos conhecemos e passamos a namorar – disse ela.