Coty compra Hypermarcas por R$3,8 bilhões

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 2 de novembro de 2015 as 12:21, por: cdb

Por Redação, com Reuters e Agências de Notícias – de São Paulo:

A Hypermarcas informou, nesta segunda-feira,  que acertou a venda do seu negócio de fabricação e comercialização de cosméticos para a Coty por R$ 3,8 bilhões. A empresa brasileira disse, ainda, que após a conclusão da transação, irá se concentrar nas atividades da área farmacêutica. A Coty foi fundada em Paris em 1904.

“Quando finalizada, a transação marcará um passo transformador para a Hypermarcas, cujo foco estratégico estará voltado para o mercado farmacêutico, que oferece potencial atrativo de crescimento e rentabilidade no longo prazo”, disse a empresa.

Hypermarcas
A transação ainda necessita de aprovação dos órgãos de defesa da concorrência para ser concluído

A Hypermarcas disse deve receber os recursos da transação até o segundo trimestre de 2016, e que serão utilizados preponderantemente para a redução do endividamento líquido.

O negócio de cosméticos inclui marcas populares como Bozzano, Biocolor, Monange, Risqué, Paixão e Cenoura & Bronze, dentre outras. A transação, que ainda necessita de aprovação dos órgãos de defesa da concorrência para ser concluído, não envolve os produtos descartáveis, como Jontex, e de cuidados infantis, como as marcas Pom Pom e Sapeca, nem de dermocosméticos.

Mercado da beleza cresceu em 2014

De acordo com a Associação Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) o setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos (HPPC) tem faturamento de R$ 101,7 bilhões em 2014. Atualmente, o Brasil é o terceiro maior mercado consumidor de cosméticos e produtos ligados à beleza. Neste setor o Brasil perde para os Estados Unidos e China. Segundo com a associação, a previsão é que o brasileiro gaste cerca de R$50 milhões no setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos em 2015.