Correio dos EUA é avacuado após serem detectados toxinas em cartas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de abril de 2003 as 15:05, por: cdb

Uma agência dos correios em Tacoma, cidade do estado americano de Washington, foi evacuado nesta terça-feira, depois de uma análise preliminar identificar a presença de toxinas perigosas num pó que saía de várias cartas.

O exame indicou que o pó continha substâncias que causam o botulismo e a peste. Por isso, as autoridades evacuaram os 94 funcionários do centro de distribuição postal, enquanto outras análises são realizadas.

A substância foi encontrada por volta das 4h45 de Brasília de desta terça-feira pelos funcionários, que viram pó branco junto a duas cartas que estavam sendo processadas: uma dirigida ao departamento local de polícia, e outra, ao Departamento de Estado americano, segundo a emissora CNN.

Uma unidade militar especializada foi enviada ao edifício, e quatro trabalhadores foram descontaminados e levados a um hospital, mas nenhum manifestou sintomas das doenças.

Os demais funcionários foram confinados em ônibus à espera de que sejam confirmados os exames definitivos.

“Estamos desenvolvendo novas análises em nosso laboratório móvel”, disse o responsável pela unidade da Guarda Nacional enviada ao local, especializada em detecção de substâncias químicas e biológicas.

Uma porta-voz dos bombeiros da cidade, Jolene Davis, lembrou que as análises preliminares podem indicar resultados que, em testes posteriores, são constatados como falsos, como ocorreu na época do envio de cartas com atraz em 2001, quando houve vários alarmes falsos.

Na ocasião, os envios confirmados com antraz causaram cinco mortes nos EUA e exigiram a realização de operações de desinfecção em vários edifícios do Congresso, agências postais e sedes de meios de comunicação.