Correa considera dolorosa a decisão de não participar da Cúpula das Américas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 4 de abril de 2012 as 13:40, por: cdb

O presidente do Equador, Rafael Correa, considerou que sua decisão denão participar da Cúpula das Américas, que será realizada em 14 e 15 de abril,na cidade de Cartagenas de Indias, na Colômbia, é dolorosa, mas ao mesmo tempoassegurou que é correta.

 

Correa reiterou que não deseja “causar nenhum problema ao governo” deseu par colombiano, Juan Manuel Santos, e remarcou que o que mais lhe “dói énão visitar Colômbia e conhecer Cartagena de Índias”. Contudo, sustentou que”em algum momento teria que começar a tomar estas decisões, senão, esta será umahistória sem fim, de contradições inadmissíveis”, acrescentou.

 

Por outro lado, o chanceler equatoriano, Ricardo Patiño, respaldou adecisão de Rafael Correa e confirmou que,para o Equador, nessa etapa da história regional, é injustificável que um paíspossa obrigar aos demais a ajudar uma Cúpula tendo vetado a presença do outro,como é o caso de Cuba.

 

Fonte: TeleSur-AFP-PL/ag-YIB