Corinthians x Juventude: liderança em jogo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de setembro de 2002 as 20:56, por: cdb

Corinthians e Juventude, adversários desta quarta-feira, no Estádio Alfredo Jaconi, travarão uma verdadeira guerra em Caxias do Sul. Em disputa, nada menos que a liderança do Campeonato Brasileiro, atualmente nas mãos dos alviverdes. A partida está marcada para às 20h30.

Com 26 pontos, os gaúchos estão três à frente dos paulistas. O Coritiba, que na quinta-feira enfrenta a Portuguesa, está empatado com o alvinegro.

Embora não possa ultrapassar o Juventude, mesmo porque o saldo de gols do adversário é muito melhor (nove contra menos um), vencer a partida é fundamental para o Corinthians.

“Queremos o resultado para embalarmos definitivamente na competição”, justificou Gil, lembrando que o Timão venceu as duas últimas partidas que disputou.

No entanto, a equipe dirigida por Carlos Alberto Parreira sabe que a missão não será nada fácil. Primeiro, porque terá pela frente a defesa menos vazada da competição – seis gols sofridos em doze rodadas.

Segundo, porque o Juventude ganhou todas as partidas nos seus domínios – Ponte Preta (1 x 0), Santos (2 x 1), Fluminense (2 x 0), Vasco (1 x 0), Bahia (2 x 1) e Atlético-MG (1 x 0).

“Para vencer, teremos que brigar e jogar, nessa ordem. Serão noventa minutos intensos, não tenho a menor dúvida”, projetou Parreira. “O placar será apertado”, continuou.

Embora reconheça as virtudes do rival, o treinador afirmou que o Corinthians tem boas chances de retornar a São Paulo com os três pontos. “Somos uma equipe de chegada e temos qualidade para ir até lá e superar o Juventude”.

Parreira não poderá contar com Rogério, contundido e Kléber, suspenso. Os jovens Ângelo e Moreno, respectivamente, serão os substitutos. “Era a oportunidade que eu estava esperando”, comemorou o lateral-esquerdo. “Espero jogar bem e corresponder às expectativas do professor”.

Nas demais posições, a equipe será a mesma que derrotou, de virada, o Paraná Club por 2 x 1.

Ricardo Gomes também terá dois desfalques no setor defensivo: o zagueiro Paulão e o lateral-esquerdo Filipe Alvim receberam o terceiro cartão amarelo e cumprirão suspensão automática. Para o lugar do primeiro, Dênis está confirmado. A outra vaga está sendo disputada por Fernando Cardozo e Renato.

O técnico alviverde, lançado em 1984 no Fluminense por Parreira, demonstra-se tranqüilo e confiante. Para ele, a motivação e a aplicação tática são os ingredientes mais importantes nessa caminhada surpreendente do Juventude no Brasileirão.

“Costumo perguntar aos jogadores se eles preferem continuar se cuidando e passar as férias em Nova York ou relaxar e ficar no bar da esquina”, filosofou.

JUVENTUDE x CORINTHIANS

Data: 25/09/2002 (quarta-feira)
Horário: 20h30
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul
Juiz: Antônio Pereira da Silva (Fifa-GO)
Transmissão: Sportv e PPV

Juventude
Diego; Mineiro, Índio, Dênis e Fernando Cardozo (Renato); Élder, Dionattan, Marcelo e Michel; Cláudio Pitbull e Leonardo Manzi
Técnico: Ricardo Gomes

Corinthians
Doni; Ângelo, Fábio Luciano, Ânderson e Kléber; Fabinho, Vampeta e Renato; Deivid, Guilherme e Gil.
Técnico: Carlos Alberto Parreira