Corinthians x Flu: jogo do torcedor

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 2 de novembro de 2002 as 23:36, por: cdb

O clássico Corinthians x Fluminense, que será disputado neste domingo, às 16h, no Pacaembu, será especial para as torcidas.

Além de poder valer aos alvinegros a classificação antecipada no Campeonato Brasileiro ou a confirmação da boa fase tricolor, a partida servirá de teste para o “Código de Defesa do Torcedor”, elaborado pelo Ministério do Esporte e Turismo.

O código, enviado na quarta-feira ao Congresso pelo presidente Fernando Henrique Cardoso prevê, entre outros artigos, pagamento de indenização e ressarcimento de despesas com ingressos caso haja comprovação de erros de arbitragem.

Carlos Alberto Parreira, que participou de algumas reuniões, se mostrou muito satisfeito. “É um passo à frente. Nós, que temos o melhor futebol do mundo dentro de campo, precisamos evoluir fora dele também”, afirmou.

Erros da Justiça também poderão provocar ações indenizatórias dos torcedores. Além disso, o código prevê que clubes, federações e dirigentes são obrigados a divulgarem balancetes, borderôs e a tabela dos campeonatos com antecedência (120 dias).

Outras medidas: os torcedores deverão ter à disposição ouvidores nos estádios; a segurança será responsabilidade do clube mandante; estádios com capacidade superior a 20 mil pessoas deverão fazer monitoramento por imagem; todos os ingressos devem ser numerados; os árbitros devem ser escolhidos por sorteio e súmulas devem ser entregues em até quatro horas (após o término da partida).

Estão previstos ainda: unidades de delegacia móveis para resolver pequenos delitos, transporte especial e estacionamento privado onde o torcedor poderá adquirir o seu ingresso.

O código tem 45 dias para ser votado. Se aprovado, entrará em vigor imediatamente após a publicação no “Diário Oficial”. “Está nas mãos dos congressistas”, frisou Parreira.

O jogo
Um tanto quanto alheios às iminentes mudanças no esporte, os jogadores do Timão querem a vitória para garantir a vaga nas finais do Brasileirão. Com 38 pontos, alvinegros e as estatísticas afirmam que mais três pontos serão suficientes.

Por outro lado o Flu, que na quinta-feira bateu o Vasco, por 2 x 1, voltou a figurar entre os oito melhores; soma 31 pontos. “A partida será boa porque vale muito para ambos os lados”, disse o atacante Deivid.

Parreira não poderá contar com o zagueiro Ânderson, que recebeu contra o Flamengo o terceiro amarelo. Scheidt está confirmado. “Espero fazer uma grande atuação e corresponder às expectativas de todos”, frisou.

No entanto, os problemas do técnico Renato Gaúcho são muito maiores. Romário sentiu a coxa contra o Vasco e está descartado. César, Marquinhos e Fabinho, suspensos, também não jogam.

“A sensação que sinto é de que o time está decolando na hora certa. É a primeira vez que estamos entre os oito que se classificam. O trabalho está aparecendo, o grupo é maravilhoso e estamos muito felizes”, comentou Renato, otimista.

CORINTHIANS x FLUMINENSE

Data: 03/10/2002 (domingo)
Horário: 16h
Local: Pacaembu, em São Paulo
Juiz: Heber Roberto Lopes (PR)
Transmissão: Globo/PPV

Corinthians
Doni; Rogério, Fábio Luciano, Scheidt e Kléber; Vampeta, Fabinho e Renato; Deivid, Guilherme e Gil.
Técnico: Carlos Alberto Parreira

Fluminense
Kleber; Flávio, Andrei (Válber), Zé Carlos e Alonso; Marciel, Sidnei, Beto e Zada; Roni e Magno Alves
Técnico: Renato Gaúcho