Corinthians vai para o tudo ou nada

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 12 de dezembro de 2002 as 22:56, por: cdb

Os zagueiros pedem marcação e o ataque diz que não irá se afobar. Agora, caso o Corinthians não tenha feito os gols que precisa para ser campeão, faltando 20 minutos para acabar o jogo, o Timão partirá para o “tudo ou nada” contra o Santos. A ordem é do técnico Carlos Alberto Parreira.

Depois de perder o primeiro confronto por 2 x 0, o alvinegro da capital conquistará o Brasileirão se vencer por dois tentos de diferença.

“Por isso tem sido muito fácil motivar o grupo. As regras são claras: é ganhar ou ganhar. Não teremos cobranças de pênalti ou tempo extra. Precisamos vencer por dois gols”, afirmou Parreira.

De acordo com o técnico, o ideal para o Corinthians é abrir o placar logo no início da decisão. “Pode mudar tudo”, avisou.

No entanto… “Mas o São Paulo, também contra o Santos, precisava fazer o mesmo que a gente e marcou aos 5 minutos do primeiro tempo. Porém não conseguiu ampliar e perdeu o jogo por 2 x 1”.

Parreira afirmou que não está querendo que a sua equipe assuma uma postura “kamikase” – os treinos compravam isso. “Só que, faltando 20 minutos, não teremos outra alternativa. Queremos ser campeões”.

Às vésperas da partida, o treinador tem declarado diariamente que não pretende desapontar a torcida. “Agradecemos a confiança que a Fiel depositou na gente até agora e esperamos retribuir”, finalizou.