Corinthians ameaça não liberar Liedson para o Sporting

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 26 de agosto de 2003 as 20:00, por: cdb

A novela Liedson-Corinthians ainda não terminou. Nesta terça-feira, o vice-presidente de futebol do Timão, Antônio Roque Citadini, afirmou que o clube não aceitou a notificação enviada pelo Sporting, clube que contratou o artilheiro junto a Prudentópolis e Coritiba.

De acordo com o ofício que chegou na segunda-feira, o atacante foi contratado por 2,5 milhões de euros. Porém o próprio site do time português e jornais do país informaram que foram desembolsados 3,2 milhões.

Por contrato, o Corinthians tem direito a uma porcentagem caso a negociação tenha ultrapassado a primeira quantia. “Exigimos uma contra-notificação. Não somos bobos”, disse Citadini.

Caso o episódio não seja esclarecido, o Timão não assinará a liberação e Liedson não poderá ser inscrito na Federação Portuguesa. O Sporting tem até o dia 31 deste mês para regularizar a situação do baiano.

Liedson embarcou nesta terça-feira para Portugal. O Sporting espera apresentar o camisa nove na quarta-feira e colocá-lo para jogar na próxima semana, na partida diante do rival Porto. No aeroporto, o goleador foi taxativo. “Para mim, o Corinthians acabou”.

A declaração irritou Citadini. “Aqui no Corinthians, ele não joga mais. Se não der certo com o Sporting, ele que vá jogar no Prudentópolis”.

O dirigente alvinegro cutucou ainda empresário Gilmar Veloz, que tem conduzido as negociações. “Deveriam mudar o nome dele para Gilmar Velocíssimo”, disparou irritado.