Coreia do Sul tem a quinta morte por síndrome respiratória

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 7 de junho de 2015 as 10:49, por: cdb
Atualizado em 15/04/16 06:12
Mais de 2,3 mil pessoas na Coreia do Sul estão sob quarentena
Mais de 2,3 mil pessoas na Coreia do Sul estão sob quarentena

 

Autoridades da Coreia do Sul confirmaram a quinta morte em razão do surto da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (mers), com o número de pessoas infectadas aumentando para 64, enquanto anunciaram neste domingo que irão rastrear os celulares de centenas de pessoas sob quarentena para prevenir o alastramento da doença.

O governo, criticado pela falta de transparência na ação contra o surto, cedeu à pressão da opinião pública neste domingo e identificou 24 centros de saúde onde as infecções se deram ou onde pacientes com mers estiveram. Foram registrados 14 novos casos da doença, que se somam à maior incidência de contágios fora do Oriente Médio.

– Por favor entendam que essa é uma medida inevitável para o bem dos nossos vizinhos e famílias – disse à imprensa o vice-premiê, Choi Kyung-hwan, na cidade de Sejong, onde ele anunciou o plano de rastrear os celulares das pessoas sob quarentena para garantir que elas fiquem em casa.

Mais de 2,3 mil pessoas na Coreia do Sul estão sob quarentena, algumas em centros de saúde, mas a maioria em suas casas, incluindo um vilarejo inteiro com cerca de 100 pessoas no sudoeste, depois do contágio de um morador que esteve no hospital onde o primeiro paciente com mers no país foi tratado.