Coreia do Norte não está perto de restaurar usina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de outubro de 2009 as 13:33, por: cdb

O ministro do Exterior da Coreia do Sul afirmou nesta quinta-feira que não há sinais de que a Coreia do Norte está nos estágios finais de restauração de uma velha usina nuclear, contradizendo um relatório de que as operações podem ser reativadas em breve na unidade.

A agência sul-coreana Yonhap citou na terça-feira uma fonte do governo afirmando que Pyongyang está nas etapas finais de restauração do complexo de Yongbyon, que quando totalmente operacional, pode produzir material suficiente para uma bomba nuclear ao ano.

– O que sabemos é que eles ainda não estão nesse estágio –, afirmou Yu Yung-hwan quando perguntado sobre se a Coreia do Norte está prestes a reativar o reator nuclear de 5 megawatts em Yongbyon, que é a fonte primária do Estado para plutônio voltado para armas.

Em 2007 a Coreia do Norte começou a deixar para trás a unidade da era soviética que inclui o reator, usina de fabricação de combustível e uma unidade de separação de plutônio sob um acordo firmado por seis países –Coreia do Sul, Coreia do Norte, China, Japão, Rússia e Estados Unidos– em troca a uma maior ajuda global.

O país afirmou anteriormente este ano que reativou a parte da usina que usava para separar plutônio de combustível nuclear como resposta ao ser punida pela Organização das Nações Unidas por um foguete de longo alcance visto como um teste disfarçado de míssil.