Copa Sul-Americana de 2004 pode ser acesso ao Mundial de Clubes da Fifa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de dezembro de 2003 as 01:28, por: cdb

Assim como a Libertadores do próximo ano, a Copa Sul-Americana de 2004 poderá ser uma forma de acesso ao Mundial de Clubes da Fifa, que deve ter sua segunda edição na metade de 2005 nos EUA.

A Conmebol, entidade que controla o futebol sul-americano, deverá enviar quatro representantes para a esperada segunda edição do Mundial. Os campeões dos dois principais interclubes da entidade (pelo menos) teriam vaga cativa no torneio da Fifa, portanto.

A intenção dos cartolas do continente é valorizar a Copa Sul-Americana, transformando a competição em um ‘trampolim’ para o torneio da Fifa, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, é um dos dirigentes que tratam do Mundial de Clubes na máxima entidade do futebol.

A primeira edição da Copa Sul-Americana, que aconteceu no ano passado, foi desprestigiada pelos clubes brasileiros, que nem chegaram a atuar, o San Lorenzo, da Argentina, ficou com o título.

Neste ano, apesar das brigas nos bastidores para ver quem ficava com as vagas brasileiras, muitos clubes deixaram a competição em segundo plano.

Mesmo o São Paulo, único brasileiro que conseguiu chegar às semifinais, estreou contra o Grêmio com um ‘mistão’.

O sistema de eliminatórias nacionais que foi adotado neste ano deverá seguir na Copa Sul-Americana de 2004. Neste ano, só dois dos 12 times que representaram o país no torneio foram à fase internacional.

Como seriam quatro vagas sul-americanas no Mundial da Fifa, a competição deverá contar com 16 equipes, talvez até o campeão da edição deste ano da Copa Sul-Americana jogaria no torneio.