Copa do Mundo 2014 chega às escolas municipais de Salvador

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2012 as 15:26, por: cdb

APrefeitura do Salvador – através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura,Esporte e Lazer (Secult), em parceria com o Escritório Municipal da Copa(Ecopa) – lançou oficialmente, na tarde desta sexta-feira (9), o projeto TodosRumo à Copa 2014, que integra o Programa de Educação Esportiva do município,desenvolvido pela Secult. O evento aconteceu na Escola Municipal FranciscoLeite, no bairro de Águas Claras.

 

Oprojeto tem como principal objetivo aproximar a comunidade escolar de todos osassuntos que envolvem a preparação para a Copa do Mundo 2014, mantendo alunos,professores, diretores e funcionários envolvidos com este importante momentopara o país. Presente no lançamento, o gestor do Ecopa, Leonel Leal,parabenizou a diretoria da unidade por incluir a prática esportiva na rotinados estudantes e lembrou que a Copa deve deixar legados para toda a populaçãode Salvador. “A expectativa é de que a Copa possa trazer mais inclusão social ecidadania para meninos e meninas. Esse legado social é uma de nossas principaismetas na preparação da cidade para o megaevento”, disse Leal.

 

Duranteo evento, o coordenador de esportes do Ecopa, Emerson Ferretti, ministrou umapalestra sobre a mais importante competição esportiva do mundo, abordandoaspectos técnicos e o calendário da Copa. O ex-jogador falou também daimportância do incentivo ao esporte e disse que começar ainda na escola podeser fundamental para o futuro de um atleta. “Quem sabe não sai um campeão daquide Águas Claras?”, completou incentivando as crianças.

 

Sedepender de Enderson Ramos, de 9 anos, o palpite do goleiro Emerson pode seconcretizar. No 4º ano do Ensino undamental, ele pratica o futebol na escola esonha em ser jogador profissional. “Gosto de jogar futebol porque faço amigos.O esporte também me ajuda na disciplina para estudar. Quando crescer, quero serjogador”, afirmou.

 

Aindadurante o lançamento, os meninos participaram de campeonatos de futebol efutsal e receberam medalhas e troféus ao final da competição. Na ocasião – que tambémcontou com apresentações de fanfarras e atividades recreativas – foi inauguradoum mural sobre os eventos relativos à Copa, e teve a abertura de uma exposiçãosobre a história do futebol, com fotos e textos.

 

Adiretora da unidade, onde são desenvolvidas atividades como ginástica rítmica,judô, futebol, dança e fanfarra, Adelma Conceição, aprovou a iniciativa. “Omural vai proporcionar o conhecimento gradativo da Copa. Com a atualizaçãoquinzenal, os estudantes vão aprender cada vez mais e se envolver com o evento”,comemorou Adelma.

 

JáIvone Portela, coordenadora do Programa de Educação Esportiva da Secult,acredita que o conhecimento poderá, inclusive, romper os muros da escola. “Éuma reação em cadeia. Seos alunos sabem mais sobre a importância da Copa para Salvador, logo toda acomunidade escolar estará envolvida com o assunto e, assim, a informação serálevada para os bairros, nesse caso, o de Águas Claras”, concluiu. Outraincentivadora do projeto é Adenildes Teles, da Coordenadoria Regional deEducação de Cajazeiras, que também participou do lançamento.