Coordenador do MST deportado de Israel chega ao Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de abril de 2002 as 17:21, por: cdb

O coordenador regional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) de Porto Alegre, Mário Lill, desembarcou nesta quarta-feira em São Paulo, procedente de Israel, de onde foi expulso após passar mais de três semanas no prédio onde o presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, está confinado, em Ramallah. “O que une os palestinos e o MST é a questão da terra”, disse Lill, pouco depois de desembarcar. “Há uma guerra econômica, de dominação, entre Israel e os palestinos”.

O ativista foi recebido com festa por membros do MST e de grupos locais pró-palestinos. Descrevendo a situação em Ramallah, Lill disse que as condições de higiene no quartel-general de Arafat são péssimas, acrescentando que havia escassez de água e de alimentos. O militante disse ainda que houve momentos de tensão durante o período em que esteve no prédio, cercado de tropas e tanques de Israel, e que houve ameaças de invasão. Lill havia entrado no prédio em companhia de um grupo de ativistas internacionais, incluindo o francês José Bové. Este, no entanto, não permaneceu no local. O retorno do líder do MST ao Rio Grande do Sul está marcado para a quinta-feira.