Contrabandista de imigrantes cubanos é preso nos EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 6 de novembro de 2003 as 01:37, por: cdb

Um jurado dos Estados Unidos demorou uma hora na última quarta-feira para condenar um homem descrito por promotores federais como ‘um dos melhores traficantes de seres humanos’, por ter levado ilegalmente aos EUA dezenas de imigrantes cubanos, ao preço de US$ 10 mil por cabeça.

Remberto Moya, de 39 anos e residente em West Palm Beach, na Flórida, foi condenado a dez anos de prisão, fora um adicional por contrabando humano em outro caso pelo qual já  está  preso, afirmou a assistente de promotoria Lynn Kirkpatrick.

Centenas de cubanos deixam anualmente a ilha comunista em direção aos Estados Unidos. Mas a imagem tradicional de um balseiro lutando contra as ondas no Estreito da Flórida está sendo substituída pelo contrabando profissional de seres humanos, segundo autoridades.