Congo confirma surto de Ebola e mortos chegam a 11

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 16 de novembro de 2003 as 13:41, por: cdb

A República do Congo confirmou que a doença responsável por 11 mortes em uma afastada região de floresta foi causada pelo vírus Ebola, que matou 120 pessoas na mesma área há alguns meses. Não há cura conhecida para o Ebola, que é transmitido por fluídos corpóreos infectados e mata entre 50% e 90 das vítimas. A doença afeta os vasos sanguíneos e provoca sangramento, diarréia e choque.

O ministro da Saúde do Congo, Alain Moka, afirmou que a doença ressurgiu perto de Mbomo, 700 quilômetros ao norte da capital Brazzaville, perto da fronteira com o Gabão. Moka disse que o número de mortos subiu para 11. O total era de nove no dia 7 de novembro, quando a causa do problema ainda não havia sido determinada.

“É claramente uma epidemia de Ebola”, declarou Moka a repórteres no sábado. “Análises laboratoriais de amostras retiradas das pessoas afetadas confirmam a presença do vírus Ebola.”

Autoridades acreditam que o surto tenha começado após um grupo de caçadores ter comido um animal encontrado morto na floresta. O Ebola também matou 73 pessoas no Gabão e no Congo de outubro de 2001 a fevereiro de 2002.

A doença recebeu este nome por causa de um rio na República Democrática do Congo onde foi descoberta, em 1976. O pior surto aconteceu nesse país, em 1995, quando mais de 250 pessoas morreram.