Comunidades da região amazônica serão beneficiadas com recursos do BNDES

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 19 de abril de 2003 as 16:38, por: cdb

O BNDES liberou recursos da ordem de R$ 2,4 milhões para projeto em benefício de comunidades ribeirinhas que vivem de extrativismo na Região Amazônica.

Trata-se do Projeto Saúde e Alegria (PSA), gerido pela Ong Centro de Estudos Avançados de Promoção Social e Ambiental, que realiza ações nas áreas de saúde, saneamento, logística e comunicação em 129 comunidades, favorecendo cerca de 28 mil pessoas, ao longo dos rios Amazonas, Tapajós e Arapiuns.

O trabalho resultará em significativa melhora da saúde da população graças ao acesso à água tratada, instalações sanitárias e cuidados básicos em saúde, além da redução do isolamento em que hoje vivem as comunidades.

Os recursos disponibilizados pelo BNDES são oriundos do seu Fundo Social, formado a partir de parcela do lucro da instituição. O PSA foi implantado graças ao apoio do banco em 1987 e vem se desenvolvendo junto a comunidades ribeirinhas nos municípios de Santarém e Belterra, no Pará.